BUSCA
    
MÍDIA SOCIAL
NEWSLETTER

27 de Maio de 2016. Bem-vindo!
Você está em: Home » Catálogo » Senhorita Christina
Senhorita Christina (Domnisoara Christina)
978-85-64406-31-5
19 x 27 cm
184
(14 votos)

R$ 69,90

ALADE
Livraria Cultura
Mircea Eliade
Romance
Santiago Caruso
Fernando Klabin
12/2011

Em traduo direta do romeno, a luxuosa edio do TORDESILHAS guarda outro presente: as belas ilustraes de Santiago Caruso, argentino que ilustrou A condessa sangrenta, de Alejandra Pizarnik, tambm publicado por este selo. O posfcio do romeno Sorin Alexandrescu, sobrinho de Mircea Eliade e especialista na obra do tio.

Depois de tantos vampiros amansados, que at renunciam ao sangue humano, nada como oferecer terror de primeira qualidade ao pblico apreciador do gnero, permeado pela maldade que fez a carreira e a fama desses seres meio mortos, meio vivos.

Senhorita Christina uma novela rigorosamente dentro dos padres internacionais do vampirismo, com um detalhe: foi escrita por um dos maiores intelectuais do sculo XX, Mircea Eliade, mais conhecido como historiador das religies, e no pas de origem do conde Drcula – a Romnia.

O ano 1935. gor, jovem e belo artista plstico, e o professor Nazarie, arquelogo, so hspedes do imenso casaro sede de “Z.”, latifndio decadente em Giurgiu, distrito na fronteira romena com a Bulgria. A senhora Moscu, dona da propriedade, vive com as filhas Sanda, uma jovem adulta, e Simina, de nove anos. medida que os dias – e sobretudo as noites – passam, fenmenos cada vez mais estranhos se sucedem, a comear pelo comportamento da senhora Moscu – acometida de sbitas ausncias, como que hipnotizada por algum – e de Simina, cujo cruel cinismo incompatvel com uma criana. Sanda, por sua vez, parece prisioneira de um terrvel segredo que no consegue ou no pode explicar a gor, por quem se apaixona. Aos poucos, os hspedes percebem a ascendncia de senhorita Christina, irm da senhora Moscu morta aos vinte anos, durante uma revolta de camponeses que tomou a Romnia em 1907. Seu quarto permanece intocado, e o enigmtico retrato da dama domina o aposento, impressionando gor. Simina diz conversar com a tia morta e ela mesma comea a aparecer em sonhos para o artista, a quem revela sua paixo. Sonho e realidade vo se mesclando, e gor j no sabe distinguir se delira com a presena de Christina em seu quarto, onde ela deixa a inconfundvel fragrncia de violeta, ou se est se envolvendo com a loucura de uma famlia doentia. Tudo se encaminha para o embate velado entre Christina, mistura de fantasma e vampiro, e Sanda, que disputam, em condies bastante desiguais, o amor do mesmo homem. Este, por sua vez, acossado pela volpia da morta-viva, em cenas de extrema sensualidade, enquanto se compromete com Sanda – j agonizante no leito, atacada por moscas espectrais que vo lhe sugando o sangue. O final apotetico, e no se revela aqui para se preservar o prazer da leitura.

Porque, de fato, a leitura de Senhorita Christina prazerosa, sobretudo para os que apreciam o suspense e o terror. A atmosfera lgubre, mas sem aqueles exageros que hoje at soam cmicos: nada de dentes caninos protuberantes, castelos tenebrosos, morcegos ameaadores ou urnas funerrias que servem de cama quando surge a aurora. A fatalidade impera, e todos os personagens so prisioneiros da presena diablica de Christina at o desenlace da narrativa. E todos so psicologicamente densos, ao ponto de Simina, com sua perfdia protegida pela aparente fragilidade de criana, aterrorizar o leitor. Ao mesmo tempo, uma intensa sensualidade permeia o livro – acusado de “pornogrfico”, quando publicado em 1936, o que valeu a Eliade uma suspenso temporria da universidade onde lecionava.

Em traduo direta do romeno, a luxuosa edio do Tordesilhas guarda outro presente: as belas ilustraes de Santiago Caruso, argentino que ilustrou A condessa sangrenta, de Alejandra Pizarnik, tambm publicado por este selo. O posfcio do romeno Sorin Alexandrescu, sobrinho de Mircea Eliade e especialista na obra do tio.


“Eliade, o romancista e homem de letras, e Eliade, o acadmico e autor de livros eruditos, no so dois homens, mas um nico homem que, atravs da sua mistura de erudio compreensiva e sensvel, com apreciao e percepo esttica, reconheceu a natureza fundamental da sacralidade do ser, e o terror do homem quando essa sacralidade perdida.” – Philip H. Ashby, Thoelogy Today

“Eu me curvo diante da memria de Mircea, meu amigo inesquecvel. Sou grato, em meus momentos de tristeza, queles que me permitiram dizer que ns o amamos, o admiramos, o respeitamos e que, mais uma vez, ele, Mircea, nunca deixar de fazer falta, tanto espiritual como emocionalmente, para todos ns. Mas seu trabalho, to rico, to imenso, ainda existe.” – Eugne Ionesco





código captcha

ATENDIMENTO
Avenida Paulista, 1337, Conjunto 11
Bela Vista - So Paulo
CEP: 01311-200, Telefone (11) 5572-9474.
DISTRIBUIDORES
Clique aqui e confira a lista de
distribuidores do selo Tordesilhas
no Brasil e no exterior.
CONTATO
Clique aqui para acessar a área de contato e saiba como se comunicar com os departamentos do selo Tordesilhas.
webzero | laboratório de idéias