BUSCA
    
MÍDIA SOCIAL
NEWSLETTER

18 de Setembro de 2018. Bem-vindo!
Você está em: Home » Catlogo
Dizendo a que veio
Soninha Francine
16 x 23 cm
176
Atrevida e solidria, Soninha Francine no cansa de nos surpreender. Em uma ao social pela cidade de So Paulo, ela se apaixonou por um morador de rua, e por essa paixo foi at o fim, enfrentando a resistncia de todos. No foi uma batalha fcil, mas Paulo finalmente venceu o alcoolismo e hoje formam uma famlia. Neste livro, Soninha revela sua atrao pelos “feios e sujos” e tambm conta os bastidores de seu convvio com protagonistas da poltica brasileira, como Jos Serra e Joo Doria. Ela sabe que ser feminina tem mais a ver com a capacidade de transgredir limites. Ao ir alm, enfrentar preconceitos e expandir possibilidades para todos, assume sua luta pela evoluo da espcie: “nossa histria darwiniana no uma narrativa de adaptao, e sim uma histria de desafio e destemor”.
Eu e no outra
Laura Folgueira e Luisa Destri
16 x 23 cm
232
Este livro nos permite um vislumbre da personalidade e da vida de Hilda Hilst. Traa um panorama do nascimento e da histria de sua famlia em Ja, no interior de So Paulo, at sua morte na Casa do Sol, numa srie de episdios fascinantes – da juventude glamurosa na capital deciso de se recolher num stio, dos livros pornogrficos fantasia de se tornar freira, ou vontade de ser reconhecida como grande que foi, ser amada e amar muitos homens. Seria possvel pensar que procura retratar a pessoa por trs da escritora, se em Hilda essas duas faces no fossem, justamente pela conscincia com que construa sua imagem, a mesma coisa.
Eu e no outra: a vida intensa de Hilda Hilst o primeiro perfil biogrfico da autora lanado no mercado editorial. Com episdios relatados por fontes prximas a Hilda Hilst durante toda a vida, alm de documentos histricos, o livro traz um panorama da vida da escritora desde seu nascimento e a histria de sua famlia, em Ja, at sua morte, na Casa do Sol, Campinas, em 2004. A pesquisa foi realizada durante dois anos, e contou com cerca de quarenta entrevistas feitas pessoalmente pelas autoras – formadas em jornalismo e especializadas em literatura e na obra de Hilda Hilst. No percurso de pesquisa e escrita do livro, Laura Folgueira e Luisa Destri conversaram com familiares das famlias de Apolnio Hilst (o pai) e Bedecilda Vaz Cardoso (a me) – incluindo o irmo, Ruy Vaz Cardoso –; com Dante Casarini, ex-marido de Hilda; com amigos, editores, ex-namorados. Dentre outros depoimentos importantssimos, destacam-se aqueles dados por figuras muito prximas a ela e, hoje, falecidas, como o editor Massao Ohno; o amigo e escritor Jos Luiz Mora Fuentes; o tambm amigo e jornalista J. Toledo; o msico Almeida Prado, primo de Hilda. A pesquisa, porm, no parou por a: as autoras realizaram inmeras visitas Casa do Sol (antes da criao do Instituto Hilda Hilst) e ao arquivo de Hilda Hilst no Cedae, da Unicamp. L, vasculharam os dirios da escritora, que fornecem informaes fundamentais para os episdios narrados em Eu e no outra. Tambm foram fontes valiosas as inmeras entrevistas concedidas por Hilda durante sua vida, bem como crticas e notcias pertinentes – todas detalhadas na bibliografia, cobrindo um perodo de 1949 a 2006. Por fim, as autoras do livro fizeram, ainda, uma viagem a Ja – cidade natal da personagem –, reunindo elementos como certides de nascimento, histrias sobre a famlia Almeida Prado, escrituras de fazenda. Para a publicao agora, anos depois da pesquisa original, o livro foi revisto e atualizado, tendo em vista especialmente a repercusso que a obra de Hilda Hilst ganhou aps sua morte. Por isso, conta com um posfcio em que as autoras abordam no apenas como se deu a criao da narrativa, mas tambm como se desenvolveu, depois disso, sua relao profissional com a biografia e a obra de Hilda Hilst. Eu e no outra , portanto, um mosaico de fontes e reconstituies de cenas, episdios, momentos da vida de Hilda Hilst. Ao fim, a personagem revela-se intensa e ousada, como a conhece a maioria de seus leitores, mas, tambm, profundamente humana em seus questionamentos e relaes.
No h tempo a perder
Amyr Klink
16 x 23 cm
216
AMYR KLINK lembra de momentos difceis que passou, para realizar seus planos, e garante que as crises podem nos motivar. Em seu novo livro, NO H TEMPO A PERDER, o maior navegador do Atlntico Sul evoca sua experincia para demonstrar como os projetos mais complexos podem ser realizados, se voc se comprometer a destrinchar cada etapa. E trabalhar duro, ter resilincia. O obstinado homem do mar lembra da infncia em Paraty, da adolescncia, das vitrias e erros que j cometeu – garantindo que a presso pode ser um estmulo para sobrevivermos. Este um livro sobre a escassez, o medo, e a nossa misteriosa capacidade de realizar nossos sonhos.
ATENDIMENTO
Avenida Paulista, 1337, Conjunto 11
Bela Vista - So Paulo
CEP: 01311-200, Telefone (11) 5572-9474.
DISTRIBUIDORES
Clique aqui e confira a lista de
distribuidores do selo Tordesilhas
no Brasil e no exterior.
CONTATO
Clique aqui para acessar a área de contato e saiba como se comunicar com os departamentos do selo Tordesilhas.
webzero | laboratório de idéias