BUSCA
    
MÍDIA SOCIAL
NEWSLETTER

20 de Fevereiro de 2018. Bem-vindo!
Você está em: Home » Catlogo
O mal de Lzaro
Krishna Monteiro
14 x 21 cm
176
Numa trilha de terra, cruzando montanhas que conduziro ao mar, a narradora v a figura de um homem, a quem batiza de Lzaro. Doente e ferido, ele avana a passos lentos e perseguido por uma multido. A partir da, o livro revela o drama de um homem que procurou se fechar ao mundo, mas que se viu forado a confrontar vozes ntimas e dramas humanos. A histria contada pelos olhos de uma narradora cuja identidade envolta em sombras que se clareiam em breves pistas ao longo da histria. Inspirado pelo poema “A mquina do mundo”, de Drummond, O mal de Lzaro uma fbula sobre dor, sofrimento e redeno que conta, na prosa elegante e potica de Krishna Monteiro, a histria de um homem que se abre para o mundo apenas para v-lo desmoronar.
Considerado por muitos o melhor poema brasileiro de todos os tempos, “A mquina do mundo”, de Carlos Drummond de Andrade, foi a inspirao e o ponto de partida para Krishna Monteiro escrever este seu primeiro romance, "O mal de Lzaro". Instigado pela ideia de que o poema uma metfora da modernidade, Krishna nos d um lampejo do que pode acontecer quando essa mquina e tudo o que ela rege – o divino, o universo, o destino – se abrem para um homem que passou a vida dando as costas para o mundo. Quando o livro comea, a narradora observa um homem simples que caminha com dificuldade e tenta escapar de uma multido. Mesmo de longe, a narradora se sente muito prxima desse homem, ambos esto se refugiando em um lugar isolado, ambos compartilham a mesma viso de mundo. A ele, a mulher d o nome de Lzaro; de sua identidade, ela nada revela ao leitor. Lzaro um homem fechado para o mundo por conta dos traumas que viveu. Embora seja uma pessoa sensvel e solidria, ele trabalha em um matadouro, onde sons, cheiros e vises so costurados todos os dias em sua mente para montar cenas atormentadoras. A mquina do mundo se revela a Lzaro, ento, por meio dos sons, e o agente dessa revelao a narradora, que tambm simboliza as foras estranhas que regem o destino desse homem. Aos poucos, a mulher -- assim como a mquina do poema – abre o mundo para que Lzaro possa l-lo, entend-lo, viv-lo. Lzaro passa a sentir necessidade de retratar os animais, sua dor, sua sina, como se assim pudesse trazer o rebanho de volta vida, de volta ao mundo que agora compreende. E, ento, com carvo e pigmentos, passar a pintar a pequena cidade onde habita, a arquitetura das casas antigas, os traos speros dos moradores. O motivo por que Lzaro est sendo perseguido, o que aconteceu antes de a histria comear e qual ser o desfecho dessa cruzada o que Krishna Monteiro descreve de forma primorosa neste seu primeiro romance. Narrativa densa, potica, repleta de imagens tocantes, O mal de Lzaro um livro que nos faz pensar sobre a perenidade da vida, sobre a inconstncia e a impermanncia.
ATENDIMENTO
Avenida Paulista, 1337, Conjunto 11
Bela Vista - So Paulo
CEP: 01311-200, Telefone (11) 5572-9474.
DISTRIBUIDORES
Clique aqui e confira a lista de
distribuidores do selo Tordesilhas
no Brasil e no exterior.
CONTATO
Clique aqui para acessar a área de contato e saiba como se comunicar com os departamentos do selo Tordesilhas.
webzero | laboratório de idéias